Histórias de Natal: Dividir para Multiplicar

olhando para o céu II

Segurando um caderno de anotações e olhando fixamente para o céu, Davi relembra a história que seu pai contava quando pequeno em época de Natal.

“Quando Jesus nasceu uma linda e brilhante estrela surgiu no céu e guiou os três Reis Magos do ocidente até o local onde estava o Menino Jesus, junto a Maria e José.” Davi parecia ouvir a voz de seu pai ao seu lado naquele momento. Fechou os olhos e continuou a lembrar: “Essa estrela recebeu o nome de Estrela de Belém e o seu brilho intenso foi uma forma de representar que Jesus seria a luz do mundo”.

O pai de Davi já não estava entre a família, havia partido deste mundo a exatamente um ano, e com um grande suspiro Davi voltou os olhos a seu caderno de anotações. Já se faziam mais de 10 anos que ele não escrevia uma só palavra em seu caderno. Sua Mãe o deu em uma noite de Natal, disse para Davi sempre anotar tudo que ele achava importante e não deveria esquecer. Sua mãe dizia a todas as amigas ser gratificante ver Davi anotando tudo que via pela frente.

Ao abrir o caderno Davi leu a primeira frase que havia escrito aos 12 anos de idade.

– Feliz Natal!

Sim, a primeira frase não poderia ser diferente dessa, naquela noite ele teve um dos Natais mais felizes de sua vida. Junto a seus pais, sua árvore de natal e agora seu caderno de anotações.

Uma tímida lágrima escorreu de seus olhos, ao sentir o coração apertado de saudades. Seu pai não era um homem comum, era aquele que havia plantado a semente do bem em seu coração. Aquele que sempre dizia: “Davi você deve dividir para multiplicar”. E essa era a segunda frase de seu caderno. Na época Davi não entendia o real significado, mas resolveu escrever mesmo assim.

Agora a 22 anos ele estava ali sozinho, segurando seu caderno e revivendo cada lembrança que brotava de sua mente e de seu coração. Foi quando leu a terceira frase que dizia: “Natal é aniversário de Jesus, mas eu que ganhei este presente”. Sorriu e agradeceu a Deus a criação que teve.

Foi quando várias vozes e risadas se aproximaram do local onde Davi estava. As crianças que havia apadrinhado haviam chegado para ouvir sua história de Natal, aquela mesma que seu pai havia lhe ensinado. Através dela que ele aprendeu o real significado do “dividir para multiplicar” e a semente que seu pai havia deixado, ele também queria plantar.

Ainda emocionado, Davi se levantou e uniu-se as crianças para dividir com cada uma delas o real significado do Natal.

Autoria: Cinthia Oliveira – Histórias de Natal

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s